top of page
  • Foto do escritorRedação

Secretaria de Meio Ambiente flagra crime ambiental em Diadema




Caminhão de empresa coletora de esgoto estava despejando os dejetos na rede de esgotos da Sabesp


O Serviço de Fiscalização Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos de Diadema flagrou, na última terça-feira (12), situação de crime ambiental na cidade. Após receber denúncias, a equipe vinha investigando o despejo ilegal de esgotos na rede coletora de esgoto da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o que é proibido por lei.


Na tarde do último dia 12, após horas de observação, um caminhão de uma empresa coletora de esgotos de São Bernardo foi flagrado cometendo o crime ambiental, nas proximidades da Praça Miosótis, esquina da Avenida Fagundes de Oliveira com o Corredor ABD, região de divisa entre Diadema e São Bernardo.


Com apoio da GCM (Guarda Civil Municipal), a equipe de fiscalização apreendeu em flagrante o caminhão coletor Volkswagen, placa DTE2855. O veículo foi encaminhado ao pátio de apreensões de veículos da Prefeitura de Diadema. O caminhão só será liberado após o pagamento de multa por deposição irregular de detritos no valor de 1.000 UFDs (Unidades Fiscais de Diadema, em torno de R$ 4.800) além de estadias, pagamentos de eventuais débitos ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito), mais autuações referentes à crimes por danos ambientais junto à Secretaria de Meio Ambiente.


Denúncias de crimes ambientais podem ser feitas pelo Colab 156, telefone 4059-7614 ou pelo e-mail meioambiente@diadema.sp.gov.br. O caso é registrado e encaminhado ao Serviço de Fiscalização Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente para posterior averiguação. A denúncia também pode ser feita na Delegacia de Crimes Ambientais.


Fotos: Divulgação/Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos

Comments


bottom of page