top of page
  • Foto do escritorRedação

Santo André chega ao número de 30 Estações de Coleta




Município se tornou o maior do Brasil em quantidade de ecopontos, proporcionalmente à sua população

 

Santo André, 7 de fevereiro de 2024 – Um ecoponto para cada 25 mil moradores. É isso o que a cidade de Santo André proporciona à sua população, de 748.919 habitantes. Nesta quarta-feira (7), com a abertura da Estação de Coleta Parque Marajoara, a cidade conquista o seu 30⁰ ecoponto, consagrando-se como o município brasileiro, proporcionalmente ao total de residentes, que mais possui pontos de coleta do tipo.

 

“Santo André se torna novamente uma referência em sustentabilidade. Esses pontos são muito importantes não só para a gente manter a cultura da reciclagem e ter uma cidade mais bem cuidada e limpa, mas também para esse conceito de sustentabilidade, fundamental para o grande desafio climático que temos”, disse o prefeito Paulo Serra, durante vistoria na Estação de Coleta Parque Marajoara. 

 

A nova unidade fica na Rua Edgard Vieira de Lima, 51, esquina com a Avenida Giovanni Battista Pirelli, no Parque Marajoara. No local, os munícipes podem descartar resíduos volumosos que não são recolhidos pelo serviço de coleta porta a porta, como madeira, móvel, entulho, eletroeletrônico, isopor, colchão, estofado, óleo de cozinha usado (a cada um litro, é possível trocar por uma barra de sabão ecológico), além de telha e fibra de amianto. 

 

Também é possível doar roupas, calçados, acessórios e qualquer tipo de objeto, contribuindo para ajudar famílias de baixa renda. O horário de funcionamento da EC Parque Marajoara é de segunda a sábado, inclusive feriado, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

 

O ecoponto é o último do pacote de construção e reforma de 12 Estações de Coleta, por meio do programa Sanear Santo André. O investimento total das obras foi de R$ 7,8 milhões, financiado pela CAF, o Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe,

 

“É a primeira vez na história que Santo André constrói tantos ecopontos de uma vez. Em menos de dois anos, ganhamos dez novas unidades e ainda reformamos duas para melhorar o serviço e o atendimento aos usuários”, comemora Ajan Marques de Oliveira, superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), autarquia responsável pela gestão dos equipamentos. As obras foram executadas pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos.

 

As Estações de Coleta são uma das principais políticas públicas para incentivar o descarte correto de resíduos, ampliar a reciclagem, deixar os bairros mais limpos e reduzir o volume de materiais que seria destinado ao Aterro Sanitário Municipal, minimizando, portanto, a emissão de gases do efeito estufa.

 

Além do Parque Marajoara, outros bairros que também foram beneficiados com novos pontos de coleta foram: Jardim Ana Maria, Bangu, Jardim, Jardim Alvorada, Jardim Cristiane, Centro, Parque Miami, Vila Guiomar, Vila Linda e Jardim Santo André.

 

Estação de Coleta Paranapiacaba – O ecoponto que existe na Vila de Paranapiacaba também recebeu melhorias. O local foi totalmente reformado, seguindo os padrões de preservação da vila, que é tombada como patrimônio histórico nacional. 

 

Os serviços no ecoponto já foram concluídos e ele será aberto aos munícipes nesta quinta-feira (8). O endereço é Avenida Ford, 37. O atendimento ocorre das 10h às 13h e das 14h às 18h. | Texto: Susi Elenaimprensasemasa@semasa.sp.gov.br / 4433-9003| Fotos: Eduardo Merlino/PSA e Divulgação/PSA


Comments


bottom of page