• Redação

Retomada de zeladoria em Mauá minimizou problemas com chuvas em janeiro



Ações de limpezas em piscinões, em leitos de rios, em bocas de lobo e em áreas de descarte irregular de lixo foram providenciais neste início do ano


A retomada da zeladoria em Mauá, com força-tarefa de servidores da Secretaria de Serviços Urbanos, foi providencial para que a cidade passasse pelo primeiro mês do ano sem grandes ocorrências devido à temporada de chuvas. Um dos primeiros atos da atual gestão no início do ano foi a criação de comitê intersecretarial de enfrentamento aos temporais. O objetivo de minimizar os impactos das fortes chuvas foi atingido em janeiro.


“Neste primeiro mês, os esforços foram no sentido de fazermos a prevenção. Após mapeamento dos pontos críticos de alagamentos e de área de transbordo de córregos e rios, realizamos a drenagem nestas áreas, com desentupimento de bocas de lobo, desobstrução de galerias, roçagem em leitos e desassoreamento. Enfim, foi um mês de muito trabalho, com o retorno satisfatório de que apenas pequenas e específicas ocorrências foram registradas em todo o município”, afirmou o secretário municipal de Serviços Urbanos Fernando Rubinelli.


Ele lembra que a retomada da zeladoria ocorreu em todas as regiões da cidade. “O trabalho foi estendido a áreas críticas de descarte irregular de lixo. Realizamos a limpeza para que o entulho não causasse problema em nosso sistema de drenagem. Além disso, estamos realizando capinação e tirando os matos altos de parques, praças e canteiros. A verdade é que nunca se fez tanto em tão pouco tempo em relação à zeladoria em Mauá”, ressaltou Fernando Rubinelli, ao citar a limpeza no Córrego Corumbé, no Jardim Zaíra, que não passava por manutenção havia anos.


Outra ação positiva foi a limpeza de ciclovias e pistas de caminhadas, a exemplo da localizada na Avenida Papa João XXIII. “O cenário encontrado no começo do ano foi de total abandono. E para reverter esse quadro apenas com muito trabalho, inclusive aos fins de semana. Somente assim conseguiremos garantir que o munícipe volte a transitar com segurança pelas calçadas. Sabemos que há muito a fazer ainda, pois a cidade é grande. Mas, o trabalho está apenas começando. Uma cidade limpa e mais bonita começa a surgir”, finalizou Fernando Rubinelli.