top of page
  • Foto do escritorRedação

Rede Cultural Beija-Flor leva espetáculo de danças afro para Noruega


Grupo formado na ONG se apresentará em evento da ONU e fará oficinas de samba e percussão

Estudar, preservar e divulgar a cultura são meios de reafirmar a identidade de um povo. Neste ano em que é celebrado o Bicentenário da Independência do Brasil, a Rede Cultural Beija-Flor – RCBF, sediada em Diadema, leva para a Noruega um pouco da cultura brasileira e suas origens africanas com o espetáculo “Natureza Viva”.

A obra apresenta, através da música percussiva e da dança, a Natureza como entidade viva e deslumbrante, porém assustada com os perigos da destruição causada pelo desmatamento e pelas queimadas. Nessa luta pela autopreservação, a Natureza busca forças e proteção nos ritmos ancestrais de origem africana que são parte fundamental da identidade cultural brasileira.

A equipe que fará a viagem para a Europa conta com três artistas com formação nas oficinas oferecidas na Rede Cultural Beija-Flor e que também atuam como arte educadores: o diretor artístico e coreógrafo Louis Handberg, 29 anos, o diretor musical e percussionista Davi Anderson Silva, 42, e a dançarina Sabrina Ribeiro Bezerra, 23, ou Bgirl Ribez, como se apresenta artisticamente.

Batizado como Grupo Cultural Beija-Flor, o trio mostra no país europeu um recorte da ampla variedade de manifestações culturais do Brasil, especificamente a percussão, o samba e as danças afro, heranças da diáspora africana forçada pelo período de escravidão.

A viagem tem início nesta sexta-feira (14) e a agenda inclui oficinas de percussão e dança para crianças, jovens e idosos em escolas, empresas e entidades norueguesas. Além disso, o grupo fará duas apresentações especiais. O primeiro show, no dia 29, faz parte da programação de evento anual organizado pela ONU na cidade de Bergen e que reúne diversas Organizações Não Governamentais da Noruega. O segundo, no dia 1º de novembro, será na Câmara de Comércio Brasil-Noruega, em Oslo, em celebração pelo Bicentenário da Independência do Brasil.

Essa série de apresentações do Grupo Cultural Beija-Flor na Noruega conta com a parceria da fundação Children At Risk Foundation - CARF, sediada em Bergen.

A Rede Cultural Beija-Flor é uma ONG que atua na região há quase 30 anos, beneficiando diretamente cerca de 30 mil crianças e jovens e quase 150 mil beneficiados indiretos. Entre as ações estão oficinas e cursos na área cultural, educacional e de empreendedorismo. Atualmente a instituição conta com três unidades nos bairros Eldorado e Sítio Joaninha, em Diadema.


Foto em anexo - Crédito: Edu Guimarães/RCBF


Comentarios


bottom of page