top of page
  • Foto do escritorRedação

Posto de Coleta de Sangue de Mauá completa um ano de existência salvando vidas



Parceria entre a Prefeitura e a Colsan já arrecadou mais de 12 mil bolsas de sangue. Cada uma delas pode ajudar até quatro pacientes


Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Mauá e a Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue), que ajuda a salvar vidas, completa um ano nesta quarta-feira (27/03). O primeiro Posto de Coleta da cidade vem alcançando índices importantes de solidariedade e amor ao próximo. A população mauaense tem colaborado substancialmente. Desde a inauguração, o local já coletou 12.099 bolsas de sangue, se cada uma delas pode ajudar até quatro pacientes, é possível dizer que cerca de 48 mil vidas podem ter sido salvas, graças a essa iniciativa.


“Este Posto de Coleta de Sangue é uma conquista da população, que não precisa mais se deslocar a outra cidades para fazer a doação, e um grande avanço para nossa cidade nesta constante luta para salvar vidas”, afirmou o prefeito Marcelo Oliveira.


Os resultados desse primeiro ano de existência do Posto, também é celebrado pela Colsan que faz a gestão do espaço. “Queremos agradecer imensamente a população de Mauá que aderiu a essa causa. Que em um ano de existência do Posto de Coleta, nos presenteou com 13.995 candidatos. Desse total, mais de 12 mil form elegíveis para fazer a doação, que com certeza salvou muitas vidas. Só temos a agradecer cada um que ajudou”, comemorou Dra Eloisa Martim Gerente Médica da Colsan, na região do ABC.


A secretária de Saúde Célia Bortoletto ressalta os esforços de toda a gestão para viabilizar a chegada desse importante equipamento. Segundo ela, as conversas iniciaram em 2021 e a Prefeitura se disponibilizou a ceder um local para abrigar o Posto de Coleta. “Essa ação era muito importante para a saúde como um todo, para o município de Mauá. Mais uma conquista viabilizada pelo prefeito Marcelo Oliveira e a sua gestão”, comentou.


Lembrando que, para doar sangue, é necessário ter entre 16 e 69 anos (a primeira coleta antes dos 60 anos), pesar acima de 50 kg, estar em boas condições de saúde e vir alimentado, porém evitado refeições gordurosas três horas antes. Por isso é realizada a triagem do candidato.


O Posto de Coleta de Sangue de Mauá está localizado na Rua Luís Lacava, 229, no prédio do CRSMCA (Centro de Referência em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente). O espaço, inaugurado em 27 de março de 2023, dispõe de recepção, sala de coleta, repouso, lanche, pré-triagem e duas de triagem. Contempla uma demanda antiga dos moradores de Mauá, que antes precisavam se deslocar para outros municípios para doar sangue. Busca também incentivar o gesto solidário, ajudando a manter o estoque na região.


O material recebido é encaminhado para o hemocentro da Colsan, em São Bernardo do Campo. E rende hemocomponentes como concentrado de hemácias, de plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado, enviados a hospitais públicos do Grande ABC, entre eles o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini.


O horário de funcionamento do Posto de Coleta de Sangue de Mauá é de segunda a sábado, das 8h às 12h30. A doação poderá ser agendada pelo aplicativo COLSAN, que pode ser baixado na Google Play Store e Apple Play Store. Existe a opção sem a marcação da coleta, por ordem de chegada no local. O posto conta com médico, enfermeiro, captadora, técnico em enfermagem e recepcionista, além de apoio operacional.


No local é necessário apresentar documento oficial e original de identidade com foto contendo CPF e dentro do prazo de validade (RG, carteira profissional ou de habilitação). Menores de 18 anos, acompanhados de adulto, deverão levar o Termo de Autorização de doação preenchido, com firma reconhecida em cartório e RG (original e cópia) de ambos. Outras informações podem ser obtidas no link:  https://colsan.org.br/site/doador/requisitos-para-doacao/.

Comments


bottom of page