top of page
  • Foto do escritorRedação

Pedalinho do Parque do Pedroso leva alegria e diversão para mais de 3 mil pessoas em um mês


Equipamento histórico foi aberto durante as comemorações do aniversário de Santo André


Santo André, 30 de maio de 2024 – Santo André celebra o primeiro mês de funcionamento do pedalinho do Parque Natural Municipal do Pedroso. Funcionando aos fins de semana e feriados, 3.400 pessoas já desfrutaram da nova atração e se divertiram em meio à natureza exuberante da Unidade de Conservação.


O equipamento havia sido desativado há mais de 30 anos, mas seguiu sendo lembrando com carinho e nostalgia pelos andreenses e moradores de outros municípios. No último dia 28 de abril, o pedalinho foi reaberto pelo prefeito Paulo Serra, durante as comemorações dos 471 anos de Santo André.


"É uma emoção voltar ao pedalinho porque eu lembro dos meus pais juntos, e ele já é falecido. Lembrei da infância, essa fase que é tão importante das nossas vidas", afirma o artista, arte educador e escritor Ronnie Colazza, de 50 anos. Além de Santo André, o pedalinho já recebeu a visita de famílias de outras cidades, como Mauá, Diadema, São Caetano do Sul, São Paulo, São Bernardo do Campo, São Vicente e Sorocaba.


A chegada do equipamento ao Parque do Pedroso integra uma série de ações e melhorias promovidas pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), responsável pela gestão do local. Em abril, o parque ganhou também o primeiro Parque Naturalizado do município, projetado com elementos da natureza, além de nova pintura nos prédios e nas churrasqueiras.


O pedalinho funciona sempre aos finais de semana e feriados, das 9h às 17h. São oito equipamentos, cada um com dois assentos. Além da entrega de colete salva-vidas, há profissionais para orientar e garantir as medidas de segurança durante o passeio. 


Outros investimentos – O Parque Natural Municipal do Pedroso ainda será beneficiado com diversos investimentos a médio e longo prazo. “O Semasa já iniciou os estudos para implantar uma tirolesa e um circuito de arvorismo. O nosso parque nunca teve tantos investimentos e é um orgulho saber que estamos contribuindo para trazer ainda mais a sensação de pertencimento dos munícipes”, comenta o superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira.


Outras ações previstas envolvem a revitalização da marquise do antigo teleférico, projetada pelo arquiteto Ruy Ohtake, com a criação de espaço de eventos e colocação de deck; implantação de trilhas com acessibilidade e programa de visitas monitoradas; requalificação das trilhas monitoradas; reformas dos campos de futebol; revitalização do Jardim Japonês; e criação da Casa da Sustentabilidade, que será um espaço ecológico para funcionar como centro de visitantes. 


Além disso, haverá modernização da iluminação do parque, ampliação do sistema de videomonitoramento e programas de formação para comunidade, com monitores ambientais, empreendedorismo e gastronomia artesanal. Serão investidos cerca de R$ 5 milhões, com recursos de compensações ambientais e do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano.


| Texto: Paloma Alvarez

| Fotos: Eduardo Merlino/PSA

Comments


bottom of page