top of page
  • Foto do escritorRedação

Obras da Nova Estação Mauá entram em nova etapa




Foi iniciada a instalação de 115 pilares que serão utilizados no conjunto formado pelo terminal rodoviário e o shopping


O visual de quem passa pela região central de Mauá está mudando. Onde antes se via apenas os tapumes, agora já possível ver as primeiras estruturas da Nova Estação, cuja nova etapa de obras iniciou. Após o período de escavações e das fundações, já é possível ver os pilares de sustentação da estrutura. Ao todo, 115 serão utilizados no conjunto formado pelo terminal rodoviário e o shopping.


“A nova rodoviária é uma obra estruturante e grandiosa que transformará a mobilidade e o transporte na região central da cidade. Um sonho da população que está se tornando realidade em nossa gestão, que trabalha com seriedade e responsabilidade pelo desenvolvimento da cidade e pela melhoria da qualidade de vida da população”, afirmou o prefeito Marcelo Oliveira.


Outra frente de obra será iniciada nos próximos dias com o objetivo de ajudar a região central, nos períodos de chuva. É a instalação de uma nova tubulação que auxiliará no escoamento das águas em direção às galerias pluviais da avenida Antônia Rosa Fioravanti e ao rio Tamanduateí. Outra mudança importante que será feita para tentar prevenir alagamento na região da Praça 22 de Novembro é a inclinação do solo, que hoje está na direção dos comércios, e passará a ser em direção à canaleta que será construída, entre o calçadão, que será revitalizado, e o terminal.


A Nova Estação é fruto de PPP (Parceria Público-Privado) firmado pela Prefeitura de Mauá para viabilizar projeto inovador que remodelará totalmente o terminal rodoviário central, que contará com plataformas modernizadas que darão mais segurança aos pedestres não precisarão mais circular na via e acessarão as áreas de embarque e desembarque por escadas rolantes.


O empreendimento vai gerar cerca de 6000 empregos durante o andamento da obra e depois que estiver concluído, pois além do terminal, o local terá um centro de convivência e de compras com espaço para 400 lojas e praça de alimentação.

Comments


bottom of page