top of page
  • Foto do escritorRedação

Na volta às aulas, São Caetano lança aplicativo para entrega dos auxílios material e uniforme



Nesta segunda-feira (6/2), os alunos da Rede Municipal de Ensino de São Caetano do Sul voltaram às aulas e, além da recepção calorosa de professores, funcionários e equipes gestoras, as famílias encontraram outra novidade: um novo aplicativo para o acesso aos benefícios do uniforme e material escolar.

“Tenho muito orgulho de ter criado o Auxílio Uniforme Escolar em 2017. Foi uma iniciativa pioneira, que deu às famílias autonomia para escolher onde comprar os itens de uniforme, conforme a necessidade de seus filhos. Desde então, temos aprimorado tecnologicamente a forma de entrega do benefício até chegarmos a este momento, incorporando o material escolar. Além de beneficiar as famílias, o programa representa um fomento à economia da cidade, permitindo que o valor investido nos dois benefícios (mais de R$ 9 milhões), gere emprego e renda ao morador de São Caetano”, declarou o prefeito José Auricchio Júnior, ao anunciar o lançamento da nova forma de entrega dos auxílios.

O aplicativo já pode ser baixado gratuitamente; basta procurar pelo nome Kit Escolar São Caetano do Sul na loja oficial de aplicativos de celular (Play Store ou Apple Store). Entrando no app, os pais ou responsáveis encontram as listas de todas as lojas credenciadas. O munícipe poderá adquirir peças avulsas de uniforme e material em diferentes lojas.

O app Kit Escolar funciona como uma carteira digital, na qual são depositados os valores separadamente do Auxílio Uniforme Escolar e Auxílio Material Escolar. Ao utilizar o aplicativo na compra, o valor é debitado automaticamente. Enquanto houver saldo, o responsável poderá efetuar as compras nos estabelecimentos credenciados, e não é necessário apresentar Nota Fiscal à escola. O próprio comerciante fará o cadastramento da Nota Fiscal no aplicativo.

RETORNO E ACOLHIDA

O primeiro dia de aula nas escolas foi em clima de festa: escolas decoradas com carinho, surpresas aos alunos, abraços e muitos sorrisos. No Complexo Educacional, Esportivo e Cultural do Bairro Santa Maria, por exemplo, a EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Maria Teresinha Dario Fiorotti levou até personagens infantis, como Branca de Neve e Mickey Mouse, para recepcionarem os estudantes nas salas de aula.

Na EMEI Rosana Aparecida Munhos, assim como nas demais escolas de Educação Infantil, a acolhida foi delicada e atenciosa. Nas salas do berçário, os pais entraram junto de seus bebês, para acostumá-los ao novo ambiente. Nas turmas G2 e G3 (2 e 3 anos de idade), o carinho das professoras e os brinquedos coloridos ajudavam os pequenos a superar a falta do colo materno.


“Eu fiquei com o coração partido e ele está lá, de boa. Entrou na sala e já foi dando tchau”, disse, entre risos, Cibele Magaroto, moradora do Bairro Santa Maria e mãe do Rafael, de dois anos de idade. Apesar da saudade antecipada, a confiança da mãe é total: “Na reunião, a diretora e as professoras nos passaram muita segurança. Elas são muito preparadas”, disse.

“Moro no Bairro Barcelona e minha filha, de 8 anos, estuda aqui, na EMEF ao lado. É ótimo ter os dois próximos”, dizia a mãe, Fabiana Batista, enquanto o Daniel, de 2 anos, já brincava com uma motoquinha. Na hora de entrar na sala de aula, ele até ensaiou um choro. Mas ficou tudo bem. “Hoje é só acolhimento e carinho. Aos poucos as crianças vão pegando confiança”, garantiu, com a tranquilidade da experiência, a professora Adriana Putini.

Suzel Tunes (MTb - 19.311)

6/2/2023

Fotos: Samuca Fermino / PMSCS

Comments


bottom of page