top of page
  • Foto do escritorRedação

Esquete teatral chama atenção de servidores públicos de Santo André para a reciclagem



Prática contribui para ampliar preservação de recursos naturais e do meio ambiente

Santo André, 13 de novembro de 2013 – Reciclar é uma ação transversal, que implica em aspectos sociais, ambientais e econômicos. Para sensibilizar os servidores públicos e colaboradores sobre a importância dessa prática, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promoveu um esquete teatral.

Artistas cantaram, interagiram e sensibilizaram os funcionários sobre quais materiais devem ser reciclados. Foram instaladas no ambiente de trabalho mais de 200 caixas de papelão personalizadas, para que os profissionais possam descartar corretamente metal, papel, plástico, vidro e outros resíduos secos.

Na batida do Show das Poderosas, música da cantora brasileira Anitta que ganhou as rádios e televisões do Brasil a partir de 2013, os funcionários não tiveram dúvidas sobre o que descartar nas caixas. “Separa agora, latinha, papel e papelão, a caixa de leite, garrafinha e garrafão”, dizia um trecho da paródia, adaptada por artistas da ARCA (Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas).

Benefícios da reciclagem – Quando participamos da coleta seletiva, reinserimos os materiais à cadeia produtiva. Trata-se, portanto, de um ato de redução da exploração de recursos naturais e de novas matérias-primas que seriam utilizados para a fabricação de novos produtos.

No caso da reciclagem de papel, por exemplo, diminuímos a derrubada de árvores e o uso de água e de energia, contribuindo para a preservação do meio ambiente, da biodiversidade e do equilíbrio ecológico.

Além disso, ao dar destinação ambientalmente correta aos materiais, reduzimos problemas de descarte irregular de resíduos, enchentes e alagamentos, além da morte de animais – principalmente marinhos – e a proliferação de doenças.

A reciclagem também promove a redução de gastos públicos e gera emprego. Em Santo André, as cooperativas de reciclagem proporcionam emprego e renda para cerca de 80 pessoas.

Além da questão da reciclagem, o projeto A3P estimulará, no ambiente de trabalho, a redução do uso de plástico, do consumo de energia elétrica e de água. O incentivo à adoção de compostagem e de hortas comunitárias também será trabalhado com os servidores da Prefeitura e do Semasa.

| Texto: Susi Elena imprensasemasa@semasa.sp.gov.br / 4433-0142 | Fotos: Divulgação/Semasa

Comentários


bottom of page