top of page
  • Foto do escritorRedação

Consumidores vão arcar com um custo de quase R$1,5 Bi a mais na conta de Luz


A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), do Ministério de Minas e Energia, vai receber propostas para decidir se autoriza o aumento de 4,25% no orçamento de um fundo do setor elétrico utilizado, entre outras finalidades, para dar descontos a diversos usuários, entre consumidores de baixa renda e empresas.

Isso foi feito para suprir uma demanda do setor elétrico, onde o aumento vai significar alta na conta de luz, já que a principal fonte de receitas do fundo são os impostos e os consumidores vão arcar com um custo de quase R$ 1,5 bilhão a mais na conta de luz. O anúncio foi feito no mesmo dia em que uma pesquisa revelou que quase metade dos brasileiros recebe um serviço de energia ruim.

Comments


bottom of page