top of page
  • Foto do escritorRedação

Atrium exibe filme "Lightyear" em sessão especial para pessoas com Transtorno do Espectro Autista


Iniciativa é parceria entre Cinemark, Prefeitura e Atrium Shopping

Santo André, 21 de junho de 2022 - Crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares poderão se divertir nesta quarta-feira (22) assistindo ao filme “Lightyear”, mais nova produção da Disney e da Pixar, em uma sessão especialmente pensada para garantir o conforto de crianças e adolescentes com distúrbios sensoriais. A sessão acontecerá às 14h30 no Atrium Shopping, localizado na Avenida Giovanni Battista Pirelli, 155, na Vila Homero Thon. A iniciativa, conhecida como Sessão Azul - em alusão à cor símbolo do Transtorno do Espectro Autista -, é realizada pela Cinemark em parceria com o Atrium Shoopping e a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência. Para garantir o lazer das pessoas com TEA, durante a sessão não serão exibidas publicidades, as luzes da sala de exibição estarão levemente acesas e o volume de som será reduzido. Além disso, é permitido entrar e sair da sala, sendo garantido o livre acesso do público ao longo do filme, com apoio de profissionais capacitados para acompanhar crianças e familiares. Os ingressos podem ser comprados pelos canais digitais ou na bilheteria da Cinemark. A sessão é aberta para o público em geral, mas é importante ter consciência da característica diferenciada da exibição. Sessões deste tipo estão garantidas pela lei municipal 10.368/2021. A legislação prevê que os filmes sejam apropriados às crianças e adolescentes com TEA e suas famílias, e que as sessões sejam identificadas com o símbolo mundial do espectro autista, afixado na entrada da sala de exibição. "As sessões tradicionais podem ser incômodas para pessoas com distúrbios sensoriais, como é o caso de muitas crianças e adolescentes com TEA. O som alto demais, o espaço confinante e, principalmente, os olhares julgadores daqueles que não compreendem a inquietação do autista, muitas vezes levam a família a não desfrutar deste tipo de passeio. A ideia da Sessão Azul é proporcionar a este público e aos seus familiares uma experiência mais confortável e inclusiva ao ver um filme no cinema", explica o secretário da Pessoa com Deficiência, Ivo de Lima. Ingressos - Os valores são os mesmos das sessões regulares. Para crianças menores de 12 anos, estudantes, idosos acima de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos de baixa renda é possível adquirir o ingresso de meia entrada, mediante apresentação da identificação no cinema. | Texto: Paola Zanei

| Foto: Angelo Baima/PSA

留言


bottom of page