top of page
  • Foto do escritorRedação

Ambulâncias do Samu param em Mauá.


 Ao menos cinco ambulâncias do SAMU de Mauá estão paradas por falta de condições de uso. Com isso, o atendimento de emergência de população de 618 mil pessoas, o correspondente a um quarto dos moradores do Grande ABC, é feito por quatro veículos, sendo dois improvisados de outros departamentos. Mauá também é responsável pelo atendimento em Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.Segundo fontes do próprio Samu, a situação de trabalho dos profissionais vem se deteriorando nos últimos anos. A situação, segundo eles, foi acentuada neste ano.Atualmente, quatro ambulâncias estariam rodando, sendo duas de atendimento avançado e outras duas básicas. A equipe d

o Jornal Diário do Grande Abc apurou que chamados já têm sido rejeitados. Fonte do Samu explicou que os dois veículos básicos rodam com problemas – um está com a porta quebrada e o outro não comporta prancha para transporte de pacientes (o automóvel foi destinada ao Samu provisoriamente).


Fonte:Jornal DGABC

Comments


bottom of page